O que é um Marca-Passo?

O Marca-Passo cardíaco é uma pequena prótese que é implantada na região subcutânea do paciente (gerador) e que conduz um estímulo artificial ao coração que perdeu a capacidade gerar um ritmo próprio ou suficiente para manter o paciente sem sintomas. Esse estímulo, realizado de forma precisa e eficiente, é conduzido ao coração através de 1-2 cabos que ficam aderidos nas câmaras cardíacas direitas (vide imagem abaixo).

Quais as indicações do implante de Marca-Passo/CDI ?

-Disfunção do nó sinusal (“envelhecimento do sistema de condução”);

-Bloqueios atrioventriculares avançados;

-Outras bradiarritmias malignas e taquiarritmias malignas;

-Prevenção de Morte Súbita em pacientes após infarto ou para portadores de outras doenças, como a Cardiomiopatia Hipertrófica, ou outras doenças;

-Sincronização cardíaca em pacientes com Insuficiência Cardíaca de Fração de Ejeção Reduzida (MP multisítio);

-Outros;

Como é implantado o Marca-Passo ?

O Marca-passo é implantado através de uma “cirurgia” rápida, de aproximadamente 30 minutos, realizada no centro cirúrgico com anestesia local. O corte para inserir o gerador embaixo da pele terá extensão aproximada de 6-10 cm, na região infra-clavicular esquerda.

Quais os cuidados após o implante do Marca-Passo ?

Cuidados com a ferida operatória, em geral, e uso de antibióticoprofilaxia – quando indicado. Após a retirada dos pontos (quando necessária), o seu cardiologista de confiança irá indicar a periodicidade das consultas e das avaliações por Telemetria. Geralmente, o paciente precisa realizar um seguimento frequente para avaliar a vida útil da bateria do Marca-Passo e também para avaliar se o funcionamento do aparelho está adequado (se os cabos estão no local correto e funcionando corretamente, por exemplo).

Em que difere o Marca-Passo do CDI ?

O CDI é um aparelho similar ao MP em termos de estrutura e que também tem a função de estimular o coração. Porém, esse aparelho possui a capacidade adicional de identificar e tratar arritmias cardíacas malignas e potencialmente fatais, através de um mecanismo de choque elétrico sincronizado ou não. Dessa forma, atua na prevenção da Morte Súbita de causa cardíaca.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco;

——————————————————————————-

Texto escrito pelo Cardiologista: Dr. Pedro Henrique Pedruzzi Segato

CRM 37.112 – RQE 28231

Contato : (41) 3024-7296 / ou (41) 99135-2006
Rua Senador Souza Naves, 522 – Alto da XV – Curitiba – PR CEP: 80045 – 190
contato@centrodearritmia.com.br